#betrend beleza

Maquilhagem na gravidez?! O que pode, não deve e o que ter em atenção

Está na hora de desfazer uma das maiores dúvidas de muitas mulheres. Não há motivos para não usar maquilhagem na gravidez! Mas atenção, há cuidados a ter. Saiba tudo aqui!

Se a dúvida é: pode ou não usar maquilhagem na gravidez?! A resposta é simples. Não só pode usar maquilhagem na gravidez como há pequenos truques para disfarçar o indesejável. Mas atenção: também há cuidados a ter. Descubra-os.

Está na hora de desfazer uma das maiores dúvidas de muitas mulheres gestantes: a maquilhagem na gravidez não só não é contraindicada, como ajuda a disfarçar algumas imperfeições específicas e tão típicas de um corpo em mudança.

No entanto, há, claro, alguns cuidados a ter. Partilhamos consigo as melhores dicas para usar maquilhagem na gravidez e (continuar a) sentir-se bonita.

Maquilhagem na gravidez?! Sim, claro!

Não há motivos para não usar maquilhagem na gravidez, a menos que já os tivesse antes de engravidar.

É verdade que a pele fica diferente e também é verdade que aparecem imperfeições que não existiam até aí, mas nada que impeça o uso dos cosméticos habituais.

Assim, não deite nada fora: está mais que liberado o uso dos produtos que adora.

maquilhagem na gravidez

Como usar maquilhagem na gravidez?

A maquilhagem a usar durante a gravidez pode ser semelhante à que usava no dia a dia. A única coisa a evitar são os tons amarelos e roxos porque o seu tom de pele já vai estar ligeiramente diferente.

Outras técnicas que pode querer aproveitar são as de contorno do rosto, porque algumas mulheres incham e ficam com os traços do rosto mais repuxados.

Um bom contorno ajuda a manter o equilíbrio e a disfarçar o inchaço.

Finalmente, a maquilhagem na gravidez deve, invariavelmente, incluir uma boa base. Das borbulhas às manchas escuras, tudo aparece na pele durante aqueles nove meses, por isso vai agradecer ter algo com que uniformizar a tez.

conjunto de maquilhagem

Que produtos de maquilhagem usar durante a gravidez?

A primeira coisa a ter em conta é que a gravidez envolve alterações hormonais profundas. Dessas alterações resultam, quase sempre, algumas marcas na pele — nomeadamente borbulhas, espinhas e até manchas escuras.

A boa notícia é que tudo isto tende a desaparecer quando as hormonas voltam ao normal; a má notícia é que uma pele nestas condições pode ser menos tolerante com os cosméticos mais agressivos.

Assim, ao usar maquilhagem na gravidez opte sempre por produtos de qualidade, leves e não comedogénicos e, preferencialmente, hipoalergénicos. Quanto mais natural for o que aplica na pele, melhor.

Se estiver grávida nos meses mais quentes também vai reparar que sente mais calor do que o habitual; sendo isso normal, significa também que vai transpirar mais, o que pode ser um problema para a maquilhagem.

Escolha produtos à prova de água e que saiba serem resistentes ao suor diário.

Outros cuidados a ter

maquilhagem na gravidez

Além de usar produtos leves e não comedogénicos e hipoalergénicos, é muito importante que acompanhe a maquilhagem na gravidez com um bom protetor solar. Sendo certo que o protetor solar é aconselhado todos os dias, durante o ano todo, com ou sem gravidez. Mas durante a gravidez ele assume uma importância ainda maior.

Lembre-se também de que tudo o que contacta com o seu rosto pode acabar no seu organismo e, em consequência, no organismo do seu bebé. Desta forma, é imperativo que se mantenha longe de produtos com químicos muito fortes e/ou nocivos.

Uma nota final para os tratamentos de beleza que, não sendo considerados maquilhagem, muitas vezes são encarados como um complemento: pergunte sempre ao seu médico se pode ou não fazer tratamentos estéticos (limpezas de pele, peelings, botox, laser,...), porque alguns podem não ser recomendados durante a gestação.

Ao perguntar, tenha o cuidado de ser o mais detalhada possível sobre os produtos e metodologias usadas durante o procedimento, para que a opinião do profissional seja o mais fundamentada possível.

Com todos os cuidados, a maquilhagem na gravidez é uma possibilidade e ajuda a manter a autoestima!

Aproveite também para dar uma vista de olhos nos 5 modelos irresistíveis de vans para bebé.

 

#betrend

Produtos relacionados

Ténis Vans Crayola Toddler Old Skool VTénis Vans Crayola Toddler Old Skool V
Vans CAMISOLA COM CAPUZ VANS CLASSIC PARA CRIANÇA (8-14+ ANOS) - Betrend StoreVans CAMISOLA COM CAPUZ VANS CLASSIC PARA CRIANÇA (8-14+ ANOS) - Betrend Store
Vans CLASSIC CANOODLES (3 PARES) - Betrend Store
Vans MEIAS CLASSIC CREW PARA CRIANÇA (3 PARES) - Betrend StoreMEIAS VANS CLASSIC CREW PARA CRIANÇA (3 PARES)
VANS T-SHIRT CLASSIC PARA CRIANÇA (8-14+ ANOS) - Betrend StoreVANS T-SHIRT CLASSIC PARA CRIANÇA (8-14+ ANOS) - Betrend Store
VANS TÉNIS OLD SKOOL V PARA BEBÉ (1-4 ANOS) - Betrend StoreVANS TÉNIS OLD SKOOL V PARA BEBÉ (1-4 ANOS) - Betrend Store
VANS TÉNIS OLD SKOOL V PARA BEBÉ (1-4 ANOS) - Betrend StoreVANS TÉNIS OLD SKOOL V PARA BEBÉ (1-4 ANOS) - Betrend Store
Mochila Vans Old Skool Check PretaMochila Vans Old Skool Check Preta